Ir para o conteúdo principal
Taste The Ocean

Peixe e produtos do mar sustentáveis

Como pode, enquanto consumidor, escolher as opções de peixe e produtos do mar mais sustentáveis disponíveis no mercado?   Aqui ficam 5 sugestões para si.

1) Respeite a sazonalidade

Fishing vessel ©Bernard GIRARDIN/Adobe Stock

A sazonalidade dos produtos do mar varia de acordo com a época do ano em que o peixe é mais abundante.  

A sazonalidade varia consoante cada espécie e o local onde é pescada, por isso, verifique sempre antes de comprar: pode encontrar calendários com informações sobre a sazonalidade do peixe e dos produtos do mar na sua zona!  

2) Compre produtos do mar de tamanho aceitável  

Quando se trata de peixe, o tamanho é importante.

A política da UE e as leis nacionais em matéria de pescas estabelecem normas rigorosas para evitar a comercialização de peixe de tamanho inferior ao mínimo.

Certifique-se de que compra peixe de tamanho aceitável.

Por exemplo, o tamanho mínimo da solha no mar do Norte é de 27 cm.

3) Compre produtos de origem local 

Fisherman with a fish box © curto / Adobe Stock

Escolher comprar produtos do mar de origem local é uma ótima opção: significa que o peixe é fresco e que fez uma viagem de curta distância, minimizando a sua pegada de CO2.  

4) Procure produtos frescos 

Plaice on a plate

O seu peixe é fresco?  

Está no bom caminho se: 

  • os olhos do peixe parecerem carnudos e brilhantes, 

  • o peixe não cheirar a azedo ou a amoníaco, mas sim a fresco e ligeiramente a sal,  

  • a sua carne estiver firme, 

  • as guelras se apresentarem vermelhas e sem cheiro.  

Tal como sucede com todos os outros produtos, a frescura é fundamental para o peixe e garante a sua qualidade, sabor e adequabilidade para ser consumido.  

 5) Verifique os rótulos  

Man buying frozen fish in a supermarket© bodnarphoto / Adobe Stock

Na UE, o peixe e os produtos do mar vêm acompanhados de muita informação. Porquê? Para aumentar a transparência e ajudar os consumidores a fazerem escolhas o mais informadas possível. 

Os rótulos dos produtos da pesca e da aquicultura devem indicar: 

  • o nome comercial e científico do peixe, 

  • o método de produção, para indicar se o peixe foi capturado no mar, em água doce ou se é de aquicultura, 

  • o local onde o peixe foi capturado ou criado. No caso dos peixes capturados no mar, o rótulo apresenta um código que identifica a zona de captura. Precisa de ajuda para compreender melhor?  Eis um mapa para o(a) ajudar!  

  • as artes de pesca que foram utilizadas para capturar o peixe. O tipo de arte de pesca utilizada é muito importante quando consideramos o impacto no ecossistema marinho. As artes de pesca seletivas ajudam a pescar apenas as espécies e tamanhos pretendidos, evitando assim as capturas acessórias (ou seja, a captura não intencional de animais e aves marinhos),

  • se o produto foi descongelado, 

  • as datas de validade: «consumir de preferência antes de»/«consumir até», para garantir que consome alimentos seguros. 

Aplicam-se regras especiais aos produtos pré-embalados e transformados. Consulte o nosso guia de bolso para se tornar um(a) verdadeiro(a) mestre dos rótulos! 

Rótulos de qualidade 

Embora não exista um rótulo de qualidade único da UE para o peixe e os produtos do mar, alguns produtos provenientes da aquicultura ostentam o logótipo biológico da UE. Isto significa que foram cumpridos requisitos de produção rigorosos relacionados com o bem-estar dos animais, a qualidade da água e a alimentação sustentável.